Consciência Negra


Comemorado em todo o território nacional, o dia 20 de novembro foi escolhido por ter sido o marco da passagem (morte) do líder Zumbi dos Palmares (1655 - 1695), responsável pela luta contra a escravidão no nordeste no período do Brasil Colonial, em que os Quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também uma forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil.

Sancionada em 2011 na Lei 12.519/2011 pela então presidente Dilma Rousseff, a criação de um dia comemorativo da Consciência Negra é uma forma de lembrar a importância de valorizar o povo negro que contribuiu para a construção do nosso país e desenvolvimento da cultura brasileira, nos aspectos políticos, gastronômicos, religiosos.

É um dia em que se comemoram nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais. Em alguns estados como Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, algumas cidades de Minas Gerais e outras, inclusive se é decretado feriado.

Por aqui nossa celebração é diária. Em cada vitória, em cada união, por cada conquista de direitos e por todos os negros que colaboramos para estarem no topo.

Nossa união também se alia a dor de cada injustiça. De cada negro que morre por conta de uma sociedade ainda, tão preconceituoso e por cada porta fechada por descriminação de raça.

Por aqui, nós vivemos os 365 empoderando, valorizando e buscando oportunidade aos nossos. E hoje criamos essa publicação para te conscientizar de que nosso dia é todo dia, a cada luta, a cada conquista. Ocupando os espaços que quisermos, indo contra as limitações e preconceitos que a sociedade impõe.

Unidos, vitoriosos e guerreiros, somos o que quisermos ser!

R-Existimos!

Créditos da arte - Dani Marques


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • instagram-1581266_960_720